Mestres do Viaduto

Que escola frequenta um Mestre de Cerimônia? Poeta dos guetos, porta-voz de uma cultura, o MC aprimora seu flow e suas rimas numa escola que precisa ser na rua: para aprender a técnica e assumir o compromisso do RAP é preciso aprender a ocupar os espaços urbanos, contestar, dialogar e conscientizar-se sobre a história, os estilos e os elementos que constituem o movimento de resistência política, estética e filosófica chamado Hip Hop.
Em Belo Horizonte, MG – Brasil, a realidade vivida por cada um é trazida para o centro da cidade, debaixo de um viaduto esquecido pela indolência da sociedade de consumo e do poder público e revitalizado pelo que acontece ali: o Duelo de MCs.
Semanalmente,um encontro marcado, num espaço marcado, um compromisso. Convivência de idéias,visuais, gerações. Lugar para experimentar, para compartilhar, para refletir e aprender. B-boys, B-girls, músicos, grafiteiros, pixadores, skatistas, diletantes, ricos, pobres, cidadãos de todo tipo se reunem na rua toda sexta-feira. Com o suporte dos DJs, Beatmakers, amplificadores e microfones sons novos enchem o ar – é a hora da arte dos encantadores da noite, os MCs. É mais que um duelo, mais que música, mais que cultura. É uma magia inexplicável chamada Hip-Hop; contagiou muita gente e hoje transforma vidas, ruas, sonhos.
mais informações
Anúncios

4 comentários em “Mestres do Viaduto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s